Programa Esperança
Das 17:00 às 18:59
com - . -

Informativo 89

Com ocupação de 66%, RN começa semana com mais de 100 UTIs para Covid-19 disponíveis

O Rio Grande do Norte começou a semana com 65,9% de ocupação das UTIs voltadas para pacientes da Covid-19, segundo dados apresentados pelo sistema Regula RN – usado para regulação dos leitos na rede pública de saúde. Do total de 306 leitos críticos, 103 estavam disponíveis e apenas quatro, bloqueados. Um total de 199 unidades estavam com pacientes às 11h30 desta segunda-feira (27).

Ao mesmo tempo, as filas de espera por leitos estavam vazias em todas as regiões – apenas um paciente aguardava regulação na região metropolitana. A baixa ocupação de leitos é o melhor resultado registrado desde o início da pandemia, puxada principalmente pela redução da demanda na região metropolitana de Natal, que concentra a maior quantidade de leitos, com 60,4% de ocupação. A região Oeste está com 72,9% de ocupação.

Já a região Seridó, que registrava as menores ocupações meses atrás, está com a maior taxa, de 86,7%. No Hospital do Seridó, 26 dos 30 leitos estavam com pacientes.

Há uma semana, o estado registrava, com seis leitos a menos no sistema, 86% de ocupação nos leitos de UTI. A taxa de ocupação era maior que a meta estabelecida inicialmente pelo governo do estado (80% ou menos) para autorizar as novas fases de reabertura econômica. Mesmo assim, o estado manteve a segunda fração da segunda etapa de reabertura econômica na quarta-feira (22).

Neste domingo (26), o comitê científico do estado recomendou a suspensão do início da terceira fase de reabertura econômica, que prevê abertura de bares e restaurantes com mais de 600 metros quadrados, previsto para esta quarta-feira (29).

Em média, de acordo com o Regula RN, cada paciente de Covid-19 passa 7 dias e 19 minutos internado. Além das UTIs, o estado conta atualmente com 122 leitos clínicos (menos graves) liberados (36,86%), 184 ocupados (55,59%) e 25 bloqueados.

 

  • 28 - jul/2020
  • Com ocupação de 66%, RN começa semana com mais de 100 UTIs para Covid-19 disponíveis

    O Rio Grande do Norte começou a semana com 65,9% de ocupação das UTIs voltadas para pacientes da Covid-19, segundo dados apresentados pelo sistema Regula RN – usado para regulação dos leitos na rede pública de saúde. Do total de 306 leitos críticos, 103 estavam disponíveis e apenas quatro, bloqueados. Um total de 199 unidades estavam com pacientes às 11h30 desta segunda-feira (27).

    Ao mesmo tempo, as filas de espera por leitos estavam vazias em todas as regiões – apenas um paciente aguardava regulação na região metropolitana. A baixa ocupação de leitos é o melhor resultado registrado desde o início da pandemia, puxada principalmente pela redução da demanda na região metropolitana de Natal, que concentra a maior quantidade de leitos, com 60,4% de ocupação. A região Oeste está com 72,9% de ocupação.

    Já a região Seridó, que registrava as menores ocupações meses atrás, está com a maior taxa, de 86,7%. No Hospital do Seridó, 26 dos 30 leitos estavam com pacientes.

    Há uma semana, o estado registrava, com seis leitos a menos no sistema, 86% de ocupação nos leitos de UTI. A taxa de ocupação era maior que a meta estabelecida inicialmente pelo governo do estado (80% ou menos) para autorizar as novas fases de reabertura econômica. Mesmo assim, o estado manteve a segunda fração da segunda etapa de reabertura econômica na quarta-feira (22).

    Neste domingo (26), o comitê científico do estado recomendou a suspensão do início da terceira fase de reabertura econômica, que prevê abertura de bares e restaurantes com mais de 600 metros quadrados, previsto para esta quarta-feira (29).

    Em média, de acordo com o Regula RN, cada paciente de Covid-19 passa 7 dias e 19 minutos internado. Além das UTIs, o estado conta atualmente com 122 leitos clínicos (menos graves) liberados (36,86%), 184 ocupados (55,59%) e 25 bloqueados.

     

    - Sites para rádios com stream e App grátis - microsysteminfo.com.br -