Microfone Aberto
Das 11:00 às 12:00
com Adailton Amorim

Informativo 89

“Escolas só poderão retomar atividades presenciais em ambiente seguro”, diz governadora do RN

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, afirmou neste sábado (25) que o retorno das aulas presenciais ainda não está assegurado para o dia 17 de agosto. Em uma rede social, ela lembrou que a liberação das atividades só acontecerá se houver segurança para os estudantes, seguindo as orientações do Comitê Científico Estadual.

“Em que pesem todos os protocolos de biossegurança adotados no Rio Grande do Norte, as escolas só poderão retomar suas atividades presenciais em um ambiente seguro, e isso depende ainda da evolução das condições da pandemia”, falou.

“⁣Embora o decreto estadual nº 29.794, de 30 de junho, fixe o dia 17 de agosto como data de uma possível retomada das aulas presenciais, não existe ainda a confirmação plena de tal ação. O cenário vigente da pandemia será decisivo para a manutenção da suspensão, assim como ocorreu nos demais decretos”, destacou.
⁣A governadora lembra que a “suspensão das aulas pode ser estendida novamente, consoante a orientação do Comitê Científico, que deverá se reunir novamente na próxima segunda-feira (27)”, e reforça que “toda e qualquer decisão do governo no tocante à pandemia será sempre pautada na ciência e no diálogo”.

O Rio Grande do Norte tem 46.683 casos confirmados e 1.666 mortes por Covid-19, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) de sexta-feira (24).
Na nota divulgada neste sábado, Fátima reafirma que a “preocupação dos estudantes, pais e professores é mais do que legítima”. Conta ainda que “grande parte da rede de escolas estaduais está promovendo atividades não-presenciais, atendendo pelo menos aqueles que possuem condições de acessar”. ⁣

  • 28 - jul/2020
  • “Escolas só poderão retomar atividades presenciais em ambiente seguro”, diz governadora do RN

    A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, afirmou neste sábado (25) que o retorno das aulas presenciais ainda não está assegurado para o dia 17 de agosto. Em uma rede social, ela lembrou que a liberação das atividades só acontecerá se houver segurança para os estudantes, seguindo as orientações do Comitê Científico Estadual.

    “Em que pesem todos os protocolos de biossegurança adotados no Rio Grande do Norte, as escolas só poderão retomar suas atividades presenciais em um ambiente seguro, e isso depende ainda da evolução das condições da pandemia”, falou.

    “⁣Embora o decreto estadual nº 29.794, de 30 de junho, fixe o dia 17 de agosto como data de uma possível retomada das aulas presenciais, não existe ainda a confirmação plena de tal ação. O cenário vigente da pandemia será decisivo para a manutenção da suspensão, assim como ocorreu nos demais decretos”, destacou.
    ⁣A governadora lembra que a “suspensão das aulas pode ser estendida novamente, consoante a orientação do Comitê Científico, que deverá se reunir novamente na próxima segunda-feira (27)”, e reforça que “toda e qualquer decisão do governo no tocante à pandemia será sempre pautada na ciência e no diálogo”.

    O Rio Grande do Norte tem 46.683 casos confirmados e 1.666 mortes por Covid-19, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) de sexta-feira (24).
    Na nota divulgada neste sábado, Fátima reafirma que a “preocupação dos estudantes, pais e professores é mais do que legítima”. Conta ainda que “grande parte da rede de escolas estaduais está promovendo atividades não-presenciais, atendendo pelo menos aqueles que possuem condições de acessar”. ⁣

    - Sites para rádios com stream e App grátis - microsysteminfo.com.br -