Café Com Noticiais
Das 07:10 às 08:30
com Nelson Dantas, Deuzir Campelo, Luiz Eduardo e Tibério Guedes

Informativo 89

Jefinho assina com o Fortaleza por duas temporadas

Enfim, a novela Jefinho acabou. O atacante de 24 anos, artilheiro do campeonato potiguar com 13 gols, pelo Potiguar, assinou contrato com o Fortaleza-CE, atual campeão cearense, por duas temporadas. O acordo foi oficializado na tarde desta segunda-feira (22) entre representantes dos dois clubes e do próprio atleta. Jefinho, que chegou a ser dado como reforço certo do Treze de Campina Grande-PB, segue para o Leão do Pici por empréstimo que remunerado, cabendo ao Potiguar 20% da multa rescisória (valores não divulgados), com prioridade de compra dos direitos econômicos do atleta pelo clube cearense ao final do período. Caso o atacante seja negociado com algum clube do futebol do exterior no meio do ano, como vem sendo cotado (Marítimo, de Portugal, estaria interessado), quando se abre a janela de transferências internacionais, o Potiguar receberá 75% e o Fortaleza os outros 25% dos valores envolvidos na futura negociação, conforme detalhou o vice-presidente do Potiguar, Djalma Júnior, em entrevista ao repórter Fabiano Júnior, da 95 FM, na noite desta segunda-feira. Participaram do fechamento da negociação nesta tarde, além do próprio atleta, Márcio Cardoso, seu representante, o presidente do Potiguar, Benjamin Machado, o vice-presidente alvirrubro, Djalma Júnior, e o supervisor do Fortaleza, Álvaro Augusto.

  • 23 - abr/2019
  • Jefinho assina com o Fortaleza por duas temporadas

    Enfim, a novela Jefinho acabou. O atacante de 24 anos, artilheiro do campeonato potiguar com 13 gols, pelo Potiguar, assinou contrato com o Fortaleza-CE, atual campeão cearense, por duas temporadas. O acordo foi oficializado na tarde desta segunda-feira (22) entre representantes dos dois clubes e do próprio atleta. Jefinho, que chegou a ser dado como reforço certo do Treze de Campina Grande-PB, segue para o Leão do Pici por empréstimo que remunerado, cabendo ao Potiguar 20% da multa rescisória (valores não divulgados), com prioridade de compra dos direitos econômicos do atleta pelo clube cearense ao final do período. Caso o atacante seja negociado com algum clube do futebol do exterior no meio do ano, como vem sendo cotado (Marítimo, de Portugal, estaria interessado), quando se abre a janela de transferências internacionais, o Potiguar receberá 75% e o Fortaleza os outros 25% dos valores envolvidos na futura negociação, conforme detalhou o vice-presidente do Potiguar, Djalma Júnior, em entrevista ao repórter Fabiano Júnior, da 95 FM, na noite desta segunda-feira. Participaram do fechamento da negociação nesta tarde, além do próprio atleta, Márcio Cardoso, seu representante, o presidente do Potiguar, Benjamin Machado, o vice-presidente alvirrubro, Djalma Júnior, e o supervisor do Fortaleza, Álvaro Augusto.

    - Sites para rádios com stream e App grátis - microsysteminfo.com.br -